CURSOS
 
  • A1
  • A1.1
  • A1.2
  • A2
  • A3
  • A4
  • A5
  • A5.1
  • A5.2
  • A7
  • A8
  • A10.C
  • A10.B
  • A10.A
  • A11
  • A12
  • A13
  • A14
  • B1/2
  • B3
  • B5
  • B6
  • B6.1
  • B8
  • C3
  • D1
  • D3
  • D4
  • D5
  • D7
  • D8
  • D9
  • Aba 33
  • Aba 34
  • Aba 35
  • Aba 36
  • Aba 37
  • Aba 38
  • Aba 39
  • Aba 40
A1
Metrologia Básica com Instrumentos Convencionais
Utilização e Conservação

    A QUEM SE DESTINA

    Ao pessoal técnico que realiza atividades onde é ou será necessário efetuar medições com instrumentos de precisão, especialmente nos setores de produção, ferramentaria, manutenção mecânica, controle de qualidade, etc.

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Capacitar o participante para realizar a seleção correta do instrumento de medição e efetuar o processo de medição com segurança e exatidão.
    • Transmitir noções de uso correto e cuidados requeridos pelos diversos tipos de instrumentos convencionais.
    • Certificado de qualificação técnica emitida pelo fabricante (para ISO 9000).
    • Economia de tempo e dinheiro com instrumentos bem cuidados e medidas exatas.

    PROGRAMA

    • Conceitos fundamentais (metrologia, medição, exatidão, leitura, calibração, exatidão, rastreabilidade de medição).
    • Definição do metro padrão, protótipo e réplicas no mundo.
    • Critério de seleção do instrumento de medição.
    • Principais fontes de erro na medição (temperatura, força, paralaxe, etc.).
    • Tipos de instrumentos de medição (nomenclatura, recursos de acesso, sistema de graduação, resolução, resultado de uma medição, precisão e tolerância, verificação da precisão e calibração, tipos, características e cuidados necessários).
    • Leitura dos principais instrumentos convencionais (paquímetros, micrômetros, relógios comparadores, etc.) com software interativo.
    • Exercícios teóricos e práticos em grupo dirigidos pelo instrutor. Tratamento de dúvidas.

    Investimento e Carga Horária

    R$ 1.050,00 | 14 horas - 2 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    30 a 31 07 a 08 9 a 10 11 a 12 12 a 13 07 a 08
A1.1
Metrologia Básica com Instrumentos Convencionais
Especial para Multiplicadores

    A QUEM SE DESTINA

    Aos técnicos que têm a incumbência de treinar funcionários para efetuar medições com instrumentos de precisão, especialmente nos setores de produção, ferramentaria, manutenção mecânica, controle de qualidade, etc..

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Treinar o participante para transmitir, com segurança e eficácia, conhecimentos teóricos e práticos sobre utilização de instrumentos.
    • Dar a conhecer o material didático usado na Mitutoyo e suas possibilidades de aplicação na empresa.
    • Transmitir noções de comunicação verbal e manuseio de recursos audiovisuais.
    • Certificado de participação (para ISO 9000).

    PROGRAMA

    • Revisão dos itens do conteúdo programático proposto para aplicar o treinamento na empresa. Em cada item serão apresentados os recursos usados pelo instrutor no curso regular (ficha técnica, transparências, exercícios, etc.): Conceitos fundamentais (metrologia, medição, precisão, leitura, calibração, exatidão, rastreabilidade de medição).
    • Definição de metro padrão, protótipo e réplicas no mundo.
    • Critério de seleção do instrumento de medição.
    • Principais fontes de erro na medição (temperatura, força, paralaxe, etc.)
    • Tipos de instrumentos de medição (nomenclatura, recursos de acesso, sistema de graduação, resolução, resultado de uma medição, precisão e tolerância, verificação da precisão e calibração, tipos, características e cuidados necessários).
    • Leitura dos principais instrumentos convencionais (paquímetros, micrômetros, relógios comparadores, etc.)
    • Exercícios práticos em grupos, dirigidos pelo instrutor.
    • Técnicas básicas de apresentação (exposição, questionamento, descoberta e demonstração). Montagem de uma Ficha Técnica.
    • Técnicas básicas de oratória e postura frente ao participante. Exercícios práticos.

    Investimento e Carga Horária

    R$ 1.050,00 | 14 horas - 2 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    13 a 14 02 a 03 07 a 08 9 a 10
A1.2
Preparação de Multiplicadores para o Ensino de Metrologia em Escolas e Empresas
(inclui kit de CD interativo TR-110)

    A QUEM SE DESTINA

    Aos docentes técnicos que atuam ou que venha atuar no ensino da Metrologia Dimensional e aos técnicos das indústrias que têm a responsabilidade de supervisão, orientação técnica e treinamento dos profissionais dos setores de produção.

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Melhoria no desenvolvimento da comunicação verbal com técnicas de oratória;
    • Incremento do conhecimento sobre recursos audiovisuais e sua aplicação no ensino;
    • Atualização dos conhecimentos teóricos e práticos na utilização correta dos instrumentos de medição;
    • Conhecimento de uma metodologia do ensino interativo da metrologia dimensional com auxílio de software e hardware – forma de aprendizagem individualizada;
    • Certificado de participação (para ISO 9000).

    PROGRAMA

    • Conceitos fundamentais sobre preparação, condução e avaliação de resultados no treinamento sobre metrologia;
    • Os métodos pedagógicos centrados na palavra (exposição e interrogação) e os centrados na ação (descoberta e demonstração). Suas aplicações, benefícios e armadilhas no treinamento de adultos;
    • Elaboração do plano de aula teórica e demonstração prática – A “Ficha Técnica”;
    • Exercícios práticos de comunicação e postura;
    • Metodologia do Ensino Interativo – Forma de aprendizagem individual;
    • Aplicação de recursos audiovisuais; retroprojetores para transparências, projetor multimídia com computador, VT e softwares de apresentação.

    TECNOLOGIA APLICADA

    • Apresentação e uso do Kit de Transparências abordando:
    - Conceitos sobre metrologia, medição, exatidão, resolução, calibração e rastreabilidade de medição;
    - Critério de seleção do instrumento de medição;
    - Principais fontes de erro na medição;
    - Instrumentos de medição (nomenclatura, recursos, sistema de graduação, resolução, resultado de uma medição, exatidão, tolerância, calibração);
    - Noções fundamentais sobre cuidados e manutenção dos instrumentos;
    • Exercício em grupo sobre Seleção de instrumentos.
    - Aplicação da regra básica e uso de informações sobre instrumentos disponíveis no mercado.
    • Apresentação e uso do CD Interativo sobre Instrumentos:
    - Detalhes sobre sua aplicação no autotreinamento;
    - Apoio ao docente: Dinâmica da execução de exercícios e leitura com projetor multimídia.
    • Dinâmica dos exercícios práticos em grupo com instrumentos de medição. Benefícios e armadilhas.

    Investimento e Carga Horária

    R$ 550,00 | 8 horas - 1 dia

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    26 21 30 25 26 5
A2
Metrologia Dimensional
Nível Intermediário

    A QUEM SE DESTINA

    Aos técnicos dos setores de controle de qualidade, produção, ferramentaria, engenharia industrial, métodos e processos, manutenção mecânica e outros que estão envolvidos com atividades de medição dimensional. Especialmente orientado
    para pessoas que possuem algum conhecimento ou realizaram o curso de Nível Básico (porém, não é exigência).

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Capacitação dos participantes para realizar com segurança e precisão as atividades de medição dimensional, envolvendo tanto instrumentos convencionais de medição como sistemas mais complexos e especializados.
    • Certificado de qualificação técnica emitida pelo fabricante de instrumentos (ideal para ISO 9000).
    • Material apostilado.

    PROGRAMA

    • Sistema de Tolerâncias ISO.
    • Blocos Padrão - Acessórios e aplicações - Método de seleção e montagem.
    • Medição seriada com sistemas comparadores mecânicos e eletrônicos - Calibradores.
    • Medição angular - Instrumentos convencionais e método trigonométrico.
    • Medição por transferência - Conceitos e exercícios
    • Medição de roscas - Instrumentos convencionais, método dos três arames, etc.
    • Rugosidade superficial - Conceitos, parâmetros e recursos de medição.
    • Erro de forma - Conceitos, parâmetros e recursos de medição.
    • Medição de perfis - Sistemas por ampliação gráfica e óptica - Aparelhos de medição.
    • Medição de dureza - Conceitos, parâmetros e recursos de medição.
    • Medição tridimensional - Noções gerais com exercícios demonstrativos.
    • Trabalhos de laboratório.

    Investimento e Carga Horária

    R$ 2.500,00 | 35 horas - 5 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    20 a 24 22 a 26 28/08 a 01/09 06 a 10
A3
Aprofundamento em Metrologia com Instrumentos de Medição Dimensional

    A QUEM SE DESTINA

    Aos profissionais (metrologistas, técnicos, engenheiros, instrutores de treinamento e supervisores) envolvidos com atividades de medição e/ou calibração de instrumentos especialmente dos setores de controle de qualidade, produção, ferramentaria, treinamento (indústria ou área educacional), etc.

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Proporcionar aos participantes um entendimento teórico e prático dos recursos de medição e sua calibração, rastreabilidade, aplicações e limitações.
    • Transmitir noções de aplicação de instrumentos de medição específicos e especiais em situações que requerem criatividade e flexibilidade.
    • Baseado no Livro “Manual de Metrologia – A Ciência da Medição” de autoria de Nobuo Suga, um dos mais renomados especialistas da Mitutoyo América Corporation.
    • Certificado de participação (apropriado para ISO 9000/QS-9000).

    PROGRAMA

    • Fundamentos – Da origem do Metro até a definição atual pelo LASER – Rastreabilidade, nacional e internacional.
    • Blocos Padrão – A materialização do metro – Aço e cerâmica de Zircônio – Metodologias de trabalho, hierarquização, aplicações e calibração.
    • Micrômetros, Paquímetros, Relógios Comparadores, Relógios Apalpadores e Medidores Internos – Conceitos fundamentais – Princípios – Metodologia de calibração e ajuste – Boas práticas de medição – Tipos e aplicações engenhosas em serviços complexos – Sistemas digitais e aplicações com softwares de CEP – Estudos de R&R
    • Calibradores Passa – Não Passa – Fundamentos – Vantagens e méritos – Pinos Calibrados – esferas Calibradas – Calibradores de roscas – Medição de roscas com três arames – Calibração com Micrômetro por Varredura LASER – Calibradores de boca.
    • Projetor de Perfil – Fundamentos – Medição linear e angular – Distâncias entre centros de furos e formas geométricas com software 2D – Uso de telas de comparação – Tecnologia de medição com câmeras CCD – Medições especiais – Ampliando o potencial do sistema.
    • Rugosidade Superficial – Fundamentos – Simbologia – Filtragem da ondulação –
    • Medição longitudinal e circunsferencial – definição de parâmetros e suas aplicações – Calibração e ajuste do rugosímetro.
    • Circularidade e Cilindricidade – Fundamentos e simbologia – Parâmetros de Medição – Recursos de medição convencionais e sistemas dedicados com processamento de dados e gráficos. Exemplos práticos
    • Dureza Superficial – Conceitos fundamentais – Medição de dureza em peças metálicas e não metálicas – Dureza normal e superficial – Parâmetros de medição – Padrões de dureza – Preparação e calibração do durômetro.
    • Desempenos e barramentos. Metodologia de medição com nível de precisão.
    • GD&T – Dimensionamento e Tolerância Geométrica – Fundamentos e normalização - Simbologia e aplicações no projeto – Exemplos práticos.
    • Máquinas de Medir Tridimensionais – Princípios – Características Construtivas e calibração.
    Exemplos de medição manual, com software geométrico tanto manual como com CNC.
    Estudos comparativos com sistemas convencionais.
    • Trabalhos de laboratório.

    Investimento e Carga Horária

    R$ 2.500,00 | 35 horas - 5 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    Consulte datas, conforme turmas em formação ou in-company
A4
Rugosidade Superficial
Teoria e Prática de Medição

    A QUEM SE DESTINA

    Aos técnicos e engenheiros dos setores de controle de qualidade, ferramentaria, produção, manutenção mecânica e outros que estejam envolvidos com a medição de acabamentos superficiais.

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Capacitar o participante para diferenciar os diversos parâmetros atualmente em uso e preparar corretamente os recursos de medição quanto às suas condições de trabalho (valor de cut-off, percurso do sensor, perfil filtrado conforme DIN ou sem filtrar
    conforme JIS/ISO.)
    • Levar a conhecimento as normas sobre Rugosidade das Superfícies Indicação do Estado de Superfícies em Desenhos Técnicos.
    • Transmitir noções de uso correto e cuidados requeridos pelos diversos recursos de medição.
    • Certificado de qualificação técnica emitida pelo fabricante (ideal para ISO 9000).
    • Economia de tempo e dinheiro com instrumentos bem cuidados e medidas precisas.

    PROGRAMA

    • Introdução. Conceitos sobre metrologia, padrões de referência e definição do metro padrão.
    • Sistemas de Medição da Rugosidade. Sistema E ou da envolvente. Sistema M ou da linha média. Normas Técnicas NBR 6405 e NBR 8404.
    • Rugosidade e Ondulação. Conceitos sobre filtragem da ondulação para medir rugosidade. Valor de cutoff e percurso de medição. Tabelas normalizadas para seleção do valor de cutoff.
    • Perfil Periódico e Perfil Aperiódico. Conceitos fundamentais sobre tipos de superfícies.
    • Parâmetros de Rugosidade. Com referência no perfil filtrado e perfil sem filtrar. Ra, Rq, Rmax (Ry), Rz, R3z, Rt, Rp, Pc, Tp, curva BAC, e outros. Aplicações, vantagens e desvantagens.
    • Recursos para Medição. Rugosímetros portáteis, de laboratório e com sistemas de microcomputador com softwares.
    • Exercícios de Laboratório. Análise de superfícies com perfil periódico e aperiódico, comparação entre parâmetros e efeito da seleção incorreta do valor de cutoff. Interpretação de gráficos com exercícios de ampliação vertical e horizontal.
    (Experiências com Rugosímetro Surftest 301).

    Investimento e Carga Horária

    R$ 1.050,00 | 14 horas - 2 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    16 a 17 24 a 25 26 a 27 18 a 19 04 a 05
A5
GD&T
Dimensionamento e Tolerâncias Geométricas

    A QUEM SE DESTINA

    Aos profissionais (técnicos, engenheiros, supervisores e operadores) que atuam no projeto, desenvolvimento, metrologia e manufatura de componentes, especialmente nos setores de engenharia, controle de qualidade, produção, processo, ferramentaria, etc.

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Proporcionar aos participantes um entendimento teórico e prático do dimensionamento e interpretação das tolerâncias geométricas.
    • Transmitir noções de aplicação de sistemas de medição com instrumentos apropriados e convencionais de medição.
    • Certificado de participação (apropriado para ISO 9000/QS-9000).

    OBJETIVO

    • Fornecer conceitos teóricos e práticos da técnica de dimensionamento e interpretação das tolerâncias geométricas, para ser utilizadas nos projetos e no entendimento dos desenhos para execução na manufatura, baseado nas normas ASME Y 14.5 M 1994 e ISO 1101.

    PROGRAMA

    * Introdução e Conceitos Gerais
    * Definições e Simbologia (ASME / ISO)
    * Modificadores MMC, / LMC,/ RFS.
    * Dados de Referencia (Datum)
    * Precedência de Referenciais
    * Tolerâncias de Forma (Retilinidade, Planicidade, Circularidade,Cilindricidade)
    * Tolerâncias de Perfil (Perfil de uma linha e de uma Superfície)
    * Tolerâncias de Orientação (Angularidade, Perpendicularidade, Paralelismo).
    * Tolerâncias de Localização (Posição e Concentricidade)
    * Runout, Batimento (Batimento Circular e Batimento Total).
    * Condição virtual, resultante e aplicação a calibradores.
    * Exercícios Práticos

    Investimento e Carga Horária

    R$ 1.700,00 | 21 horas - 3 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    15 a 17 11 a 13 12 a 14 22 a 24 21 a 23
A5.1
GD&T
Especial para Operadores de Máquinas Tridimensionais

    A QUEM SE DESTINA

    Aos profissionais (metrologistas, técnicos, engenheiros, instrutores de treinamento e supervisores) envolvidos com atividades de medição e/ou calibração de instrumentos especialmente dos setores de controle de qualidade, produção, ferramentaria, treinamento (indústria ou área educacional), etc.

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Proporcionar aos participantes um entendimento teórico e prático do dimensionamento e interpretação das tolerâncias geométricas aplicadas à medição com máquina tridimensional.
    • Familiarizar o participante com os requisitos pertinentes das normas ANSI Y 14.5 M e ISO 1101, assim como da norma QS-9000.
    • Certificado de participação (apropriado para ISO 9000/QS-9000).

    PROGRAMA

    • Introdução e conceitos gerais
    • Definições e simbologia (ANSI/ISO)
    • Dados de referência (DATUM).
    • Alinhamento e precedência de dados.
    • Condição de Máximo Material (MMC).
    • Condição de Mínimo Material (LMC).
    • Tolerâncias de localização (posição e concentricidade)
    • Tolerâncias de forma (retilinidade, planicidade, circularidade, cilindricidade).
    • Tolerâncias de orientação (angularidade, perpendicularidade, paralelismo)
    • Tolerâncias de perfil (perfil de uma linha e de uma superfície).
    • Batimento (run-out). Batimento circular e batimento total.
    • Exercícios práticos na máquina tridimensional.
    • Apresentação de outros recursos de medição de erro de forma (circularidade, perpendicularidade, etc.).

    Investimento e Carga Horária

    R$ 1.700,00 | 21 horas - 3 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    07 a 09 16 a 18 15 a 17 28 a 30
A5.2
GD&T
Aplicado a Dispositivos de Verificação em Processo e de Fixação para Usinagem

    A QUEM SE DESTINA

    Aos profissionais (técnicos, engenheiros, supervisores e operadores) que atuam no projeto, desenvolvimento, e fabricação de dispositivos para verificação em processo de características funcionais.

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Verificação funcional das características geométricas aplicadas em processo e de forma rápida no próprio processo assim como garantir na fabricação os requisitos dos desenhos.
    • Economia na verificação dos processos de fabricação.

    PRÉ-REQUISITOS

    • Ter conhecimento dos conceitos de GD&T conforme norma ASME Y 14.5 VER. 209 .(Ter feito o curso deste conteúdo)

    PROGRAMA

    • Introdução e revisão dos conceitos fundamentais de GD&T
    • Característica geométrica aplicadas no processo
    • GD&T – O que é, Porque usar e quando usar
    • Regras, informações adicionais
    • Formas de Representação em projetos
    • Conceitos definições de GD&T aplicados aos dispositivos de fabricação e verificação
    • Formas de medição e controle em processo para garantir os requisitos funcionais e de montagem atendendo a norma.
    • Exemplos e exercícios práticos

    Investimento e Carga Horária

    R$ 1.050,00 | 14 horas - 2 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    07 a 08 09 a 10 12 a 13 05 a 06
A7
Dureza dos Materiais
Teoria e Prática de Medição

    A QUEM SE DESTINA

    Aos funcionários envolvidos com a medição de dureza de materiais metálicos ou não metálicos, dureza em peças de pequena espessura ou com tratamentos superficiais (por exemplo, cementação), de diversos setores industriais como produção, ferramentaria, controle de qualidade, etc..

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Proporcionar aos participantes um entendimento teórico e prático da medição de dureza e seus parâmetros.
    • Fornecer conhecimento sobre uso correto e cuidados requeridos pelos diversos tipos de equipamentos de medição.
    • Certificado de participação (apropriado para ISO 9000/QS-9000).

    PROGRAMA

    • Introdução e conceitos básicos sobre dureza e resistência à tração
    • Ensaio Brinel. Aplicações, limitações e condições de ensaio.
    • Dureza Rockwell. Conceitos básicos sobre dureza normal (por exemplo, escalas A-D-C-F-B-G e H-E-K) e superficial (por exemplo, escalas 15N-30N- 45N-15T-30T e 45T).
    • Dureza Vickers. Cargas utilizadas, defeitos de impressão. Procedimentos para o ensaio.
    • Micro dureza Vickers. Vantagens e limitações do ensaio. Procedimentos.
    • Dureza Shore.
    • Definição de termos técnicos (Vocabulário Internacional de Metrologia).
    • Definição do metro padrão, protótipo e réplicas no mundo.
    • Critério de seleção do instrumento de medição e principais fontes de erro na medição (temperatura, força, paralaxe, etc.)
    • Tipos e resolução dos principais instrumentos de medição (paquímetros, micrômetros, relógios comparadores, etc.). Exercícios de leitura.
    • Exercícios práticos em grupos, dirigidos pelo instrutor.

    Investimento e Carga Horária

    R$ 1.050,00 | 14 horas - 2 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    02 a 03 06 a 07 18 a 19 11 a 12
A8
Metrologia Básica com Interpretação de Desenhos e Noções de GD&T

    A QUEM SE DESTINA

    Ao pessoal técnico que realiza atividades onde é necessário interpretar desenhos e efetuar medições com instrumentos convencionais, especialmente nos setores de produção, ferramentaria, manutenção mecânica, controle de qualidade, etc..

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Proporcionar aos participantes um entendimento teórico e prático da leitura e interpretação de desenhos técnicos
    • Capacitação do participante para realizar tanto a seleção correta do instrumento de medição como efetuar o processo de medição com segurança e exatidão.
    • Fornecer conhecimentos sobre uso correto e cuidados requeridos pelos diversos tipos de instrumentos convencionais.
    • Certificado de participação (apropriado para ISO 9000/QS-9000).

    PROGRAMA

    • Introdução e conceitos básicos para leitura e interpretação de desenho técnico.
    • Figuras geométricas (linhas, planos, sólidos) e perspectiva isométrica.
    • Projeção ortogonal, projeção em três planos, rebatimento em três planos de projeção.
    • Aplicação das linhas, cotagem, supressão de vistas, desenho em corte.
    • Exercícios práticos e teste de interpretação de desenhos.
    • Conceitos fundamentais de metrologia.
    • Definição de termos técnicos (Vocabulário de Termos Fundamentais)
    • Definição do metro padrão, protótipo e réplicas no mundo.
    • Critério de seleção do instrumento de medição e principais fontes de erro na medição (temperatura, força, paralaxe, etc.)
    • Tipos e resolução dos principais instrumentos de medição (paquímetros, micrômetros, relógios comparadores, etc.). Exercícios de leitura.
    • Exercícios práticos em grupos, dirigidos pelo instrutor.

    Investimento e Carga Horária

    R$ 1.700,00 | 21 horas - 3 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    15 a 17 11 a 13 12 a 14 22 a 24 21 a 23
A10.C
Formação Avançada de Metrologista 3D
Métodos Avançados para a Garantia da Exatidão em Medições 3D

    APRESENTAÇÃO

    Curso inédito e de extrema importância tanto para profissionais que operam máquinas de medir tridimensionais como técnicos de metrologia dimensional em geral. Programa focado em todos os conhecimentos e habilidade necessários para aprimorar a eficácia e confiabilidade das atividades metrológicas.

     

    PRINCIPAIS COMPETÊNCIAS DESENVOLVIDAS

    • Conhecer todos os princípios funcionais da Medição por Coordenada
    • Conhecer as fontes de erro presentes em uma medição 3D. Saber estimar e corrigir erros de medição
    • Saber como planejar uma medição confiável e como validar um procedimento de medição
    • Saber avaliar a incerteza de medição de um procedimento de medição 3D
    • Conhecer e saber aplicar métodos para verificar a exatidão da máquina de medir ao longo do tempo.

     

    PROGRAMA

    • Metrologia Legal, Científica e Industrial
    • Metrologia Dimensional no Processo de Manufatura
    • Confiabilidade Metrológica no Controle Dimensional
    • A Tecnologia de Medição por Coordenadas
    • Fundamentação Matemática da Medição 3D
    • Estudo dos Elementos de Geometria Plana e Espacial
    • Aspectos Metrológicos do Controle Dimensional na Produção Seriada
    • A Máquina de Medir por Coordenadas: Tipos e elementos construtivos
    • Formas de Operacionalizar uma Medição por Coordenadas
    • Cuidados com a preparação da peça e da máquina de medir
    • Análise, escolha e calibração das pontas de medição
    • Análise de aspectos no alinhamento matemático da Peça
    • Definição de Estratégias de Apalpação
    • Processamento matemático e gráfico de resultados de Medição 3D
    • Estratégias para preservar a Confiabilidade nos resultados de Medição 3D

     

    METODOLOGIA

    Exposições dialogadas.  - Exposições com transparências.  - Discussões em grupo. - Exercícios práticos.

     
    DOCENTE
    André Roberto de Sousa, Engenheiro Mecânico com Mestrado e Doutorado em Metrologia, Professor do Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina. Profissional experiente e altamente capacitado para a condução deste curso.

     

    Investimento e Carga Horária

    R$ 3.100,00 | 28 horas - 4 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    27 a 30
A10.B
Formação Avançada de Metrologista 3D
GD&T Avançado para Definição de Estratégias de Medição 3D Confiáveis

    APRESENTAÇÃO

    Curso inédito e de extrema importância tanto para profissionais que operam máquinas de medir tridimensionais como técnicos de metrologia dimensional em geral. Programa focado em todos os conhecimentos e habilidade necessários para aprimorar a eficácia e confiabilidade das atividades metrológicas.

     

    PRINCIPAIS COMPETÊNCIAS DESENVOLVIDAS

    • Reconhecer a importância estratégica da uma correta especificação geométrica do produto
    • Conhecer as normas e definições sobre tolerâncias dimensionais e geométricas: ABNT6158, ASME Y 14.5 M, ISO1101, etc.
    • Identificar erros e inconsistências de cotagem nos desenhos
    • Definir estratégias de medição 3D para qualquer tipo de tolerância GD&T: forma, posição, orientação e batimento
    • Saber avaliar a incerteza de medição 3D de tolerâncias GD&T

     

    PROGRAMA

    • Especificação Geométrica de Produtos
    • Tolerâncias Dimensionais em Acoplamentos
    • GD&T - Histórico e Normalização ASME e ISSO
    • Conceitos Fundamentais do GD&T
    • Referenciamento de geometrias no espaço 3D
    • Tipos de Tolerâncias e seu Inter-relacionamento
    • Tolerâncias de Posição - Tolerâncias de Orientação - Tolerâncias de Forma - Tolerâncias de Batimento
    • Tópicos avançados sobre estratégias de apalpação
    • Validação, Padronização e Documentação de Estratégias de Medição 3D
    • Tópicos avançados de Programação CNC
    • Organização de Programas Estruturados
    • Modularização e Documentação de Programas CNC
    • Programação Parametrizada
    • Estruturas de decisão e de repetição
    • Gerenciamento de base de dados de programas CNC

     

    METODOLOGIA

    Exposições dialogadas.  - Exposições com transparências.  - Discussões em grupo. - Exercícios práticos.

     

    DOCENTE

    André Roberto de Sousa, Engenheiro Mecânico com Mestrado e Doutorado em Metrologia, Professor do Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina. Profissional experiente e altamente capacitado para a condução deste curso.

     

    Investimento e Carga Horária

    R$ 3.100,00 | 28 horas - 4 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    26 a 29
A10.A
Formação Avançada de Metrologista 3D
Avaliação de Máquinas Segundo ISO-10360 e MSA Avançado para Medição 3D

    APRESENTAÇÃO

    Curso inédito e de extrema importância tanto para profissionais que operam máquinas de medir tridimensionais como técnicos de metrologia dimensional em geral. Programa focado em todos os conhecimentos e habilidade necessários para aprimorar a eficácia e confiabilidade das atividades metrológicas

    PRINCIPAIS COMPETÊNCIAS DESENVOLVIDAS

    • Saber analisar a influência dos erros da máquina de medir sobre a medição de GD&T
    • Conhecer formas de garantir a rastreabilidade de um resultado de medição 3D
    • Conhecer as principais normais nacionais de ensaios de máquinas de medir 3D
    • Conhecer e saber aplicar a norma ISO-10360 para avaliar a exatidão de máquinas de medir 3D
    • Conhecer os procedimentos contidos no guia MSA 4ª Ed. Análise de Sistemas de Medição
    • Saber analisar a tendência, estabilidade e linearidade de um processo de medição 3D
    • Saber conduzir um estudo de R&R e MSA para analisar um processo de Medição 3D

     

    PROGRAMA

    • Análise dos erros presentes em uma Máquina de Medir 3D
    • Influência dos erros de medição sobre índices de qualidade de processos seriados
    • Efeito dos erros geométricos da máquina sobre a medição de diferentes tolerâncias
    • Métodos para garantir a rastreabilidade de resultados de medições 3D
    • Avaliação experimental da exatidão de Máquinas de Medir 3D
    • Ensaios geométricos X Avaliação de performance em Máquinas de Medir
    • Normalização em ensaios de avaliação de máquinas de medir
    • Entendimento e utilização de certificados de calibração
    • Determinação de intervalos de calibração de máquinas de medir 3D
    • Estudo e aplicação da norma ISO10360 para ensaios de máquinas de medir 3D
    • Avaliação estatística de processos de medição
    • Determinação da "Capabilidade" de processos de medição
    • Planejamento e Condução de um estudo de MSA
    • Estudos de Tendência, Linearidade e Estabilidade
    • Estudos de R&R (Amplitude, Média-Amplitude e ANOVA)
    • MSA 4ª Edição aplicado para a Análise de Processos de Medição 3D
    • Interpretação de resultados de estudo em Medição 3D
    • Exemplos de MSA de Medição 3D de diferentes peças: usinadas, conformadas, fundidas e plásticas.

    METODOLOGIA

    Exposições dialogadas.  - Exposições com transparências.  - Discussões em grupo. - Exercícios práticos.

     
    DOCENTE

    André Roberto de Sousa, Engenheiro Mecânico com Mestrado e Doutorado em Metrologia, Professor do Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina. Profissional experiente e altamente capacitado para a condução deste curso.

     

    Investimento e Carga Horária

    R$ 3.100,00 | 28 horas - 4 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    23 a 26
A11
Medição de Erros de Forma, Perfil, Orientação, Localização e Batimento
Sistemas Dedicados com Auxílio de Computador e Máquinas Tridimensionais

    A QUEM SE DESTINA

    Aos técnicos e engenheiros dos setores de controle de qualidade, salas de medida, engenharia industrial e produção, envolvidos com a medição de erros de forma e posição com equipamentos dedicados e máquinas de medir tridimensionais com softwares.

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Preparar os participantes para um maior aproveitamento no uso das técnicas de medição por elementos geométricos utilizando equipamentos dedicados e máquinas de medir tridimensionais.
    • Redução do tempo de medição e aumento da confiabilidade dos resultados;
    • Certificado de qualificação técnica reconhecido pelo Instituto de Metrologia da Mitutoyo Corporation do Japão.

    PROGRAMA

    • Conceitos Básicos e Fundamentais sobre GD&T – Dimensionamento e Tolerâncias Geométricas
    • Conceitos gerais sobre Círculos de Referência ( MCC – MIC – MZC – LSC) para medição de erros de circularidade.
    • Apresentação de equipamentos disponíveis no mercado – Estrutura – Características construtivas – Exatidão – Resolução – Capacidade, etc. – Preparação e manuseio do sensor e pontas.
    • Apresentação de Softwares, alcance e potencialidade de funções, recursos gráficos, relatórios, etc.
    • Funcionalidade – Procedimentos Pré, Durante e Após a medição.
    • Preparação para uma medição. Limpeza – Estabilização Térmica – Fixação da Peça – Critério de seleção do apalpador
    • Procedimentos de calibração e manutenção periódica – Quando executar e como deve ser feita a calibração do ganho (x)
    • Medição de elementos (circularidade, cilindricidade, perpendicularidade, etc.) – Criação de Relatórios
    • Programação – Criação de programas – Execução – Configurações para execução (gravar automaticamente em arquivo – Impressão).
    • Exercícios práticos..

    Investimento e Carga Horária

    Consulte.

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
           
A12
Medição com Projetor de Perfil
com Noções de Calibração e Software 2D

    A QUEM SE DESTINA

    Aos técnicos e engenheiros dos setores de controle de qualidade, ferramentaria, produção, manutenção mecânica e outros que estejam envolvidos com a medição geométrica por ampliação óptica com processamento de dados. Considera-se que os profissionais possuem conhecimentos básicos.

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Capacitar o participante para obter um maior aproveitamento no uso das técnicas de medição por elementos geométricos utilizando processador de dados e projetor de perfis.
    • Redução do tempo de medição e aumento da confiabilidade dos resultados.
    • Transmitir noções de uso correto, calibração e cuidados requeridos na medição sem contato com projetor de perfis.
    • Certificado de qualificação técnica reconhecido pelo Instituto de Metrologia de Mitutoyo Corporation do Japão. (ideal para ISO 9000).

    PROGRAMA

    Projetor de Perfil PJ–A3000
    • Projetor de mesa para medir peças médias e pequenas,• Vertical, com rotação e linhas cruzadas,• Mesas de coordenadas fácil de operar com ajuste fino.
    • Direto e claro indicador digital XY de fácil leitura, o que garante medições seguras e exatas.
    • Iluminação diascópica e episcópica integradas no equipamento.
    • Sistema de medição de ângulo fornecido como acessório padrão
    Sistema de medição com “OPTOEYE 200”
    • O OPTOEYE 200 reduz a interferência humana durante a medição através de detecção automática de pontos nos projetores com escala de vidro..

    Investimento e Carga Horária

    R$ 550,00 | 8 horas - 1 dia

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    9 11 9 9
A13
Metrologia com Interpretação de Desenhos Técnicos Avançados
Incluindo Tolerâncias ISO, GD&T e Rugosidade

    A QUEM SE DESTINA

    Ao pessoal técnico que realiza atividades onde é ou será necessário efetuar medições com instrumentos de precisão, especialmente nos setores de produção, ferramentaria, manutenção mecânica, controle de qualidade, etc.

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Proporcionar aos participantes um desenvolvimento teórico e prático, interpretando desenhos técnicos mais complexos envolvendo: aplicações típicas de ajustes funcionais, contagem dos erros geométricos e do estado das superfícies.
    Certificado de participação reconhecido Instituto de Metrologia da Mitutoyo do Japão.

    PROGRAMA

    • Sistema ISO, Formas, expressão e interpretação das tolerâncias nos desenhos. Ajustes e aplicações visando à funcionalidade e economia Aplicação dos conceitos de Qualidade de Trabalho e Posição das Tolerâncias.
    • Análise das aplicação dos conceitos de GD&T,nos desenhos industriais temáticos, seguindo as normas DIN ISO 2788. Nos desenhos e em exercícios planejados para fixação dos conceitos.
    • Noções de Técnicas e procedimentos de medição da rugosidade, análise da aplicação dos Parâmetros nos desenhos, Segundo normas JIS 601, NBR 601.
    • Conceitos e normas de construção de técnico ISO R128-129, ABNT NB8.
    • Sistemas de projeção 1º Diedro e 3ºDiedro. Análise do sistema de contagem, referências e estudo dos Ajustes visando a funcionalidade e o menor custo.
    • Aplicação de Técnicas de Medição, escolhas de instrumentos de medição adequados aplicadas ao desenho em estudo.
    • Analisar desenhos técnicos com simbologias e normas técnicas atualizadas em individual e em equipe de treinados orientados pelo Instrutor..

    Investimento e Carga Horária

    Consulte.

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
           
A14
Metrologia Aplicada em Caldeiraria, Tubulação e Estruturas Metálicas

    A QUEM SE DESTINA

    Ao pessoal técnico ‘’off shore e on shore’’,que realiza atividades onde é ou será necessário efetuar medições com instrumentos de precisão, especialmente nos setores de produção, caldeiraria montagens de tubulação industrial, manutenção mecânica, controle de qualidade, etc.

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Capacitar o participante a efetuar medições técnicas exatas visando resultados confiáveis.
    • Transmitir noções de uso correto e cuidados requeridos pelos diversos tipos de instrumentos convencionais.
    • Certificado de qualificação técnica emitida pelo fabricante (para ISO 9000).
    • Economia de tempo e dinheiro com instrumentos bem cuidados e medidas exatas..

    PROGRAMA

    • Conceitos fundamentais da metrologia Dimensional de acordo com o Vocabulário Internacional de Termos Fundamentais e Gerais de Metrologia.(VIM).
    • Definição, relações e equivalências do unidades mais usuais de acordo co S.I, tais como unidades de comprimento nos sistemas métrico e sistema Inglês, e outras unidades de medidas como as de pressão, temperatura, de massa,de volume, de dureza de materiais etc.
    • Principais fontes de erro na medição (temperatura, força, paralaxe, etc.).
    • Tipos de instrumentos de medição (nomenclatura, recursos de acesso, sistema de graduação, resolução, resultado de uma medição, precisão e tolerância, verificação da precisão e calibração, tipos, características e cuidados necessários).
    • Leitura dos principais instrumentos convencionais (paquímetros, micrômetros, relógios comparadores, etc.) com software interativo e em milímetro e em polegadas.
    • Exercícios teóricos e práticos em grupo dirigidos pelo instrutor. Tratamento de dúvidas..

    Investimento e Carga Horária

    R$ 1.050,00 | 14 horas - 2 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    14 a 15 08 a 09 14 a 15
B1/2
Manutenção e Calibração de Instrumentos Convencionais e Eletrônicos
Paquímetros, Traçadores, Micrômetros e Relógios Comparadores

    A QUEM SE DESTINA

    Ao pessoal técnico que atua na área de metrologia dimensional executando trabalhos de calibração e manutenção de instrumentos convencionais em geral.

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Capacitar o participante para realizar o processo de calibração periódica de instrumentos convencionais com segurança e rapidez.
    • Economia de tempo e dinheiro com a verificação e conserto de instrumentos.
    • Certificado de qualificação técnica realizada pelo fabricante (para ISO 9000) com reconhecimento do Instituto de Metrologia Mitutoyo do Japão.
    .

    PROGRAMA

    • Introdução - Conceitos básicos sobre Metrologia, normas, padrões, condições ambientais, ferramentas e técnicas para a manutenção e calibração de instrumentos convencionais.
    • Paquímetros - Desmontagem total do mecanismo, incluindo os detalhes do relógio e calibração em dispositivo padrão especial.
    • Micrômetros - Desmontagem total, principais tipos de ajuste e calibração utilizando paralelos óticos e blocos padrão.
    • Relógios Comparadores e Apalpadores - Desmontagem com análise do funcionamento interno e diagnóstico dos problemas. Identificação das funções de cada engrenagem e mola. Calibração com o calibrador de relógios.
    • Comparadores de Diâmetro Interno com Relógio Comparador - Estudo das relações de transmissão, desmontagem de todo o sistema de movimento, montagem com ajuste do curso. Calibração com o calibrador de relógios comparadores e acessórios especiais..

    Investimento e Carga Horária

    R$ 3.100,00 | 28 horas - 4 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    31/01 a 03/02 14 a 17 17 a 20 16 a 19 20 a 23 18 a 21 22 a 25 26 a 29 24 a 27 21 a 24 11 a 14
B3
Calibração de Instrumentos Convencionais e Desempenos

    A QUEM SE DESTINA

    Aos técnicos envolvidos com atividades de medição e calibração de instrumentos convencionais e desempenos, atuando especialmente nos setores de controle de qualidade, recebimento de compras de instrumental, produção, ferramentaria, etc.

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Dar a conhecer os procedimentos e os recursos atualmente disponíveis para efetuar com rapidez e segurança a calibração periódica dos instrumentos de medição.
    • Análise da normalização ABNT dos instrumentos tratados no programa.
    • Desenvolver competências para avaliar serviços de calibração quando executados por terceiros e a correta interpretação dos relatórios de calibração.
    • Certificado de participação reconhecido pelo Instituto de Metrologia de Mitutoyo Japão.

    PROGRAMA

    • Conceitos gerais sobre metrologia dimensional
    • Nova terminologia oficial (Vocabulário Internacional de Termos Fundamentais e Gerais de Metrologia)
    • Estudo de pré-requisitos para a realização de uma calibração: Limpeza / Condições ambientais / Rastreabilidade / Períodos de calibração / Comentários sobre incerteza.
    • Procedimentos e recursos disponíveis para executar a Calibração dos seguintes instrumentos:

    • Paquímetro
    • Relógio Comparador
    • Relógio Apalpador
    • Micrômetro
    • Traçador de Altura
    • Desempenos

    • Análise e interpretação de Certificados e Relatórios de Calibração
    • Análise das normas ABNT: NBR 06165 Temperatura de referência, NBR 06388 Relógios Comparadores, NBR NM 216:2000 Paquímetros, NBR 06670 Micrômetros, NBR 11309 Traçadores, NBR 11891 Desempenos de Fº Fº e NBR 11892 Desempenos de Granito.

    Investimento e Carga Horária

    R$ 1.700,00 | 21 horas - 3 dias

    Próximas datas

     

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    18 a 20 26 a 28 28 a 30 20 a 22 06 a 08
B5
MSA - 4ª Edição
Adequação e Uso de Equipamentos de Medição (ISO-10012)

    A QUEM SE DESTINA

    Aos técnicos e engenheiros envolvidos com atividades metrológicas e que procuram adequar seu laboratório e recursos de medição aos requisitos das Normas ISO 9001 e ISO/TS 16949.

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Capacitar o participante no entendimento e aplicação da normalização vigente quanto à confirmação metrológica.
    • Certificado de qualificação técnica emitida pelo fabricante de instrumentos (apropriado para ISO 9001 e ISO/TS 16949).
    .

    PROGRAMA

    • Conceitos Básicos e Histórico
    • Instrumentos e Equipamentos de Medição
    • Verificação Periódica do Medidor
    • Definição de Frequência de Calibração
    • Sistemas de Identificação dos Instrumentos
    • Requisitos do M.S.A. – Análise do Sistema de Medição
    • Avaliação do Sistema de Medição
    • Análise da estabilidade
    • Análise de Exatidão / Tendências (BIAS)
    • Avaliação da Linearidade
    • Análise de Repetibilidade & Reprodutividade (R&R)
    • Tolerâncias Admissíveis nos Instrumentos
    • Requisitos de um Laboratório Metrológico
    • Confirmação Metrológica e Incerteza de Medição conforme ISO10012
    • Mudanças do Manual M.S.A. 3ª Edição
    • Estudos de Casos e Exercícios Práticos.

    Investimento e Carga Horária

    R$ 1.700,00 | 21 horas - 3 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    07 a 09 25 a 27 20 a 22 15 a 17 24 a 26
B6
Cálculo de Incerteza dos Resultados de Medição

    A QUEM SE DESTINA

    Aos técnicos e engenheiros dos setores de garantia da qualidade, salas de medida, engenharia, ferramentaria, produção, assistência a fornecedores, compras de instrumental de medição e outros que estejam envolvidos com medições de comprimento massa ou temperatura..

    OBJETIVO

    • Transmitir conhecimentos teóricos e práticos, buscando capacitar o participante para entender os requisitos necessários para efetuar uma calibração adequada, econômica e tecnicamente...

    PROGRAMA

    • Considerações gerais / Terminologia
    • Cálculo da incerteza tipo A e tipo B
    • Roteiro de Cálculo
    • Apresentação dos resultados
    • Compatibilidade dos valores
    • Regras de arredondamento
    • Aplicações:
    • Serão apresentados mais de 15 exemplos de calibração de diversos instrumentos de medição de comprimento, massa e temperatura, entre os quais serão tratados: blocos padrão, micrômetros, relógios comparadores, máquinas tridimensionais, balanças, manômetros, células de carga, termômetros, calibradores, torquímetros, etc.
    • Roteiro de cálculo da incerteza para células de carga, usando planilha Excel
    • Fontes de Erros e Incertezas em Calibração de Grandezas Mecânicas
    • Massa
    • Temperatura
    • Comprimento.

    Investimento e Carga Horária

    R$ 1.700,00 | 21 horas - 3 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    21 a 23 29 a 31 25 a 27 26 a 28 28 a 30
B6.1
Cálculo de Incerteza dos Resultados de Medição II
Nível Avançado

    A QUEM SE DESTINA

    Aos técnicos e engenheiros de laboratórios de calibração e/ou industriais, gerentes da qualidade, auditores de laboratórios e auditores da qualidade, profissionais que desejem aprofundar seus conhecimentos e aumentar sua destreza..

    BENEFÍCIOS DO CURSO

    • Capacitar o participante para criar planilhas eletrônicas, em linguagem EXCEL, que possam simplificar o cálculo da incerteza dos resultados de medição e/ou calibração de instrumentos, tornando o método mais rápido e eficaz.
    • Certificado de participação (apropriado para ISO 9000/QS-9000)..

    PRÉ-REQUISITOS

    • Conhecimentos básicos do programa EXCEL 6.0. Conhecimento básico de cálculo de incerteza de medição conforme metodologia normalizada (ISO GUM, BS, EA, INMETRO, entre outros). Uso de calculadora estatística. Estar familiarizado com processos de calibração e/ou medição. Estar familiarizado com as exigências do ISO GUIA 25.

    PROGRAMA

    • Adequação de planilhas de procedimento de calibração às exigências do ISO Guia 25.
    • Avaliação das incertezas do tipo B:
    • Efeito da temperatura
    • Resolução do instrumento
    • Força de medição
    • Paralaxe
    • Instabilidade temporal
    • Dados do certificado de calibração do padrão
    • Histerese
    • Retorno a zero
    • Avaliação da incerteza do tipo A.
    • Distribuição de probabilidades
    • Dependência linear das variáveis
    • Criação de planilhas conforme EA-4, ISO GUM 1997, INMETRO.
    • Práticas em computador
    • Análise de resultados de ensaios práticos..

    Investimento e Carga Horária

    R$ 1.700,00 | 21 horas - 3 dias

    Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    Consulte datas, conforme turmas em formação ou in-company
B8
Avaliação e Garantia da Confiabilidade de Processos de Medição

    A QUEM SE DESTINA

    Aos profissionais da indústria envolvidos direta ou indiretamente com atividades de medição ao longo de todo o ciclo de vida do produto, e para quem a confiabilidade metrológica é indispensável para o desenvolvimento de produtos industriais de excelência e processos produtivos eficientes e rentáveis.

    BENEFICIOS DO CURSO

    Capacitação dos participantes nos aspectos presentes em uma medição que prejudicam a confiabilidade dos resultados.
    Capacitação dos participantes para estabelecerem métodos de trabalho que garantam a confiabilidade dos processos de medição.
    Fornecer orientações para a validação e para a manutenção desta confiabilidade ao longo do tempo.
    Certificado de participação emitido pela MITUTOYO, reconhecido internacionalmente pelo Instituto de Metrologia da Mitutoyo Corporation (Japão).

    PROGRAMA

O Processo de Medição e suas Imperfeições
Fontes causadoras dos Erros de Medição
Consequências dos Erros de Medição ao longo do desenvolvimento e produção de um produto
Caracterização e quantificação dos Erros de Medição
A Garantia da Confiabilidade Metrológica
- Caracterização adequada do Mensurando
- Seleção do método de medição
- Avaliação da severidade do ambiente de medição
- Qualificação dos metrologistas
- Estabelecimento e cobrança de bons métodos de trabalho
- Calibração e verificação dos Meios de Medição
Análise da Confiabilidade de Processos de Medição
Estimativa da Incerteza de Medição
Critérios para liberação e bloqueio de um processo de medição
Validação formal de Processos de Medição
Manutenção da Confiabilidade Metrológica ao longo do tempo
Exercícios teóricos e práticas de medição ao longo do curso

 

METODOLOGIA

    Aulas expositivas e trabalhos práticos em grupo, com tratamento de dúvidas da empresa. Aplicação de exercicios conceituais e práticos em situações reais de interesse da empresa.

DURAÇÃO

    21 horas distribuídas em três dias consecutivos

DOCENTE

André Roberto de Sousa, Engenheiro Mecânico com mestrado e doutorado em metrologia e treinamento especializado na Europa e Estados Unidos, com mais de 20 anos de experiência em medição tridimensional e metrologia industrial. Consultor e ministrante de treinamentos para a indústria com mais de 1000 profissionais capacitados, em mais de 100 empresas. Instrutor conveniado do Depto. de Assessoria Técnica da Mitutoyo Sul Americana, e profissional altamente capacitado para a realização deste curso.

 

Investimento e Carga Horária

R$ 1.700,00 | 21 horas - 3 dias

Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    24 a 26 28 a 30
C3
Avaliação de Erros e Incertezas em Processos de Medição Tridimensional

A QUEM SE DESTINA

Aos profissionais da indústria com interesse e envolvimento nas atividades de medição tridimensional ao longo de todo o ciclo de vida do produto e para quem a avaliação de erros e incerteza é indispensável para a excelência de processos produtivos eficientes e rentáveis.

BENEFICIOS DO CURSO

  • Agregar aos participantes a habilidade de avaliar erros de medição em máquinas de medir tridimensionais.
  • Adotar métodos de trabalho para reduzir a ocorrência e influência destes erros nos resultados das medições.

Certificado de participação emitido pela MITUTOYO, reconhecido internacionalmente pelo Instituto de Metrologia da Mitutoyo Corporation (Japão).

PROGRAMA

  • Erros de medição e sua influência na má qualidade de produtos e na baixa produtividade de processos.
    • Desenvolvimento do produto - Qualificação de ferramentais e dispositivos de produção
    • Controle da produção seriada.
  •  Análise e quantificação das principais causas de erros e medição tridimensional.
    • Interpretação do desenho e da cotação GD&T - Planejamento da estratégia de medição - Configuração errada da máquina de medir e do sistema de apalpação - Erros geométricos da Máquina de Medir - Ambiente de Medição.
    • Rigidez mecânica e erros de forma da peça a medir
  • Análise e quantificação de erros em máquinas de medir tridimensionais.
    • Erros nas escalas das máquinas - Erros geométricos de trajetória e perpendicularidade.
    • Erros do sistema de apalpação.
  • Avaliação de performance em máquinas de medir de acordo com a norma ISO10360
    • Interpretação da norma ISO13060 e interpretação de catálogos de máquinas de medir.
    • Avaliação do erro máximo volumétrico - Avaliação do sistema de apalpação

Avaliação de erros do sistema de apalpação.

  • Segurança metrológica no uso de máquinas de medir por coordenadas.
    • Calibração e ajuste de máquinas de medir: métodos e intervalos entre calibrações.
  • Práticas de ensaio com avaliação dos resultados.
    • Avaliação de conformidade da máquina de medir contra sua especificação de catálogo.

METODOLOGIA

  • Aulas expositivas e trabalhos práticos em grupo, com tratamento de dúvidas da empresa. Aplicação de testes conceituais e práticos em situações reais de interesse da empresa.

DURAÇÃO

  • 14 horas distribuídas em dois dias consecutivos.
DOCENTE

André Roberto de Sousa, Engenheiro Mecânico com mestrado e doutorado em metrologia e treinamento especializado na Europa e Estados Unidos, com mais de 20 anos de experiência em medição tridimensional e metrologia industrial. Consultor e ministrante de treinamentos para a indústria com mais de 1000 profissionais capacitados, em mais de 100 empresas. Instrutor conveniado do Depto. de Assessoria Técnica da Mitutoyo Sul Americana, e profissional altamente capacitado para a realização deste curso.

 

Investimento e Carga Horária

R$ 1.050,00 | 14 horas - 2 dias

Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    27 a 28 31/08 a 01/09
D1
CEP - Controle Estatístico de Processos
Para Coordenação Técnica

A QUEM SE DESTINA

Aos técnicos e engenheiros dos setores de Controle de Qualidade, Produção, Engenharia Industrial, Métodos e Processos, Planejamento de Produção, etc. Especialmente orientado para pessoas que estão atuando na área ou que possuem conhecimentos básicos..

OBJETIVO DO CURSO

Adquirir conhecimentos sobre estatística aplicada ao controle do sistema produtivo, como um caminho para a melhoria da Qualidade e aumento da Produtividade na indústria brasileira.

Conhecer os recursos atualmente disponíveis para simplificar o manuseio de informações (mini processadores estatísticos, multiplexadores, programas para computador, etc.)

Obter certificação emitida pela MITUTOYO, reconhecida internacionalmente pelo Instituto de Metrologia da Mitutoyo Corporation (Japão).

 

PROGRAMA

  • Histórico do Controle Estatístico do Processos
  • Conceitos básicos em estatística
  • O que é o Controle Estatístico do Processos
  • Causas de variação
  • Relação do CEP com outras ferramentas
  • Planejamento e gestão do CEP
  • A curva normal
  • Cartas de controle
  • Diário de Bordo
  • Cartas por Atributo
  • Fluxograma de aplicação do CEP
  • Capacidade do processo
  • Estudo de casos e exercícios práticos
  • Apêndice

.

Investimento e Carga Horária

R$ 1.700,00 | 21 horas - 3 dias

Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    28 a 30 06 a 08 01 a 03 17 a 18
D3
FMEA - 4ª Edição
Tipos de Falhas e Análise dos Efeitos

A QUEM SE DESTINA

Aos técnicos e engenheiros dos setores de controle de qualidade, projetos, manufatura e engenharia industrial, entre outros.

OBJETIVO DO CURSO

• Capacitar os participantes para utilizar uma técnica de sucesso amplamente comprovado na eliminação de ocorrência de falhas, tanto no produto quanto no processo de fabricação. O participante estará familiarizado com a identificação das
características críticas de ambos: produto e processo.

PROGRAMA

• Conceitos Gerais do Método
• FMEA de Projeto e Processo
• Definição dos níveis de : Detecção, Ocorrência e Severidade das Falhas
• Determinação do Nível de Risco
• Apresentação do Sistema de Trabalho (Formulários)
• Fluxo Interativo do Processo
• Análise dos Níveis de Risco e Ações Corretivas
• Trabalhos Práticos

Investimento e Carga Horária

R$ 1.050,00 | 14 horas - 2 dias

Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    Consulte datas, conforme turmas em formação ou in-company
D4
Poka-Yoke
Sistemas a Prova de Erros

A QUEM SE DESTINA

Aos técnicos e engenheiros dos setores de controle de qualidade, projetos, manufatura e engenharia, entre outros.

BENEFÍCIOS DO CURSO

• Criação de dispositivos para evitar Defeitos (erros) durante o processo de fabricação. Uma ferramenta de grande utilização no Primeiro Mundo.
• Economia de tempo e dinheiro com uma metodologia de simples aplicação.
• Visita prévia do nosso instrutor, para conhecer o produto e melhor direcionar o curso.
• Certificado de qualificação técnica, ideal para ISO 9000.
.

PROGRAMA

• Fundamentos da Qualidade Total
• Métodos Autônomos e Automáticos
• Participação e Criatividade
• Trabalho em Equipe
• Função do Sistema Poka-Yoke
• Tipos de Sistemas Poka-Yoke
• Erros Vs. Defeitos
• Técnicas de Inspeção
• Exemplos e Exercícios Práticos
• Análise de resultados

Investimento e Carga Horária

Consulte.

Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
           
D5
TPM
Manutenção Produtiva Total

A QUEM SE DESTINA

Aos técnicos, engenheiros, gerentes, supervisores, operadores das áreas de qualidade, produção, processos, projetos, ferramentaria, manutenção, coordenadores e auditores de programas de qualidade na empresa.

BENEFÍCIOS DO CURSO

• Capacitar os participantes na aplicação desta técnica.
• Utilização do sistema “Preditivo e Preventivo” para reduzir perdas de tempo produtivo por problemas de manutenção.
• Tornar os processos mais flexíveis e produtivos conseguindo atender os clientes mais rapidamente.
• Certificado de qualificação técnica emitida pela MITUTOYO (para ISO 9000).
.

PROGRAMA

• Conceitos de Qualidade Total
• Evolução da Manutenção
• Conceitos e Origem do TPM
• As 6 (seis) Grandes Perdas
• Quebra Zero
• Os 5 (cinco) Pilares do TPM
• As 12 (doze) Etapas para Implantação
• Condução da Manutenção Autônoma
• As 7 (sete) Ferramentas para TPM
• Preparação do Check-List
• Trabalho das Equipes Participativas no TPM
• Esquema de Trabalho e Implantação
• Exemplos e Exercícios Práticos Aplicados.

Investimento e Carga Horária

Consulte.

Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
           
D7
Acreditação de Laboratórios
NBR/ISO/IEC-17025:2005

A QUEM SE DESTINA

Gerentes de Laboratórios, Gerentes de Qualidade, Supervisores, Pesquisadores e Técnicos comprometidos com a implementação e manutenção de Sistemas de Qualidade em Laboratórios.

BENEFÍCIOS DO CURSO

• Capacitar o participante na interpretação da Norma NBR ISSO/IEC 17025 para entender os requisitos exigidos na gestão de qualidade e na competência técnica de laboratórios de ensaios e calibrações.
• Aplicar tais requisitos para a acreditação do Laboratório de ensaios e/ou calibração junto ao IMMETRO e participar da Rede Brasileira de Calibração (RBC) ou Rede Brasileira de Laboratórios de Ensaio (RBLE)
.

PROGRAMA

Apresentação da norma NBR ISO/IEC 17025:2005 com discussão dos itens divididos em.
• 15 Requisitos de Gestão
Organização – Sistema de Gestão – Controle dos documentos – Análise crítica dos pedidos – propostas e contratos – Subcontratação de ensaios e calibrações – Aquisição de serviços e suprimentos – Atendimento ao cliente – Reclamações – Controle dos trabalhos de ensaio e/ou calibração não-conforme – Melhoria – Ação corretiva – Ação preventiva – Controle dos registros – Auditorias internas e Análise crítica pela direção.
• 10 Requisitos Técnicos
Generalidade – Pessoal – Acomodações e condições ambientais – Métodos de ensaio e calibração e validação de métodos – Equipamentos – Rastreabilidade de medição – Amostragem – Manuseio de itens de ensaio e calibração – Garantia de qualidade de resultados de ensaio e calibração e Apresentação de resultados.
Será apresentada a correlação entre a norma NBR ISO/IEC 17025 e a norma NBR ISO 9001 com discussão dessa correlação e a sua abrangência.

Investimento e Carga Horária

R$ 1.050,00 | 14 horas - 2 dias

Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
    28 a 29 06 a 07 01 a 02 17 a 18
D8
Metodologia 8D para Análise e Solução de Problemas em Equipe

A QUEM SE DESTINA

Engenheiros, Técnicos, Coordenadores, Supervisores e Gerentes das diversas áreas da empresa, incluindo Qualidade, Produção, Processo, Projeto, Manutenção e Administração.

BENEFÍCIOS DO CURSO

• Capacitar os participantes a elaborarem o relatório em 8 Disciplinas com foco na identificação das causas fundamentais de problemas com o auxilio de ferramentas da qualidade..

PROGRAMA

1. Evolução do conceito de qualidade.
2. Requisitos Normativos NBR ISO 9001 / ISO TS 16949.
3. Metodologias para solução de problemas.
4. Metodologia 8D
• Definição da Equipe multifuncional;
• Descrição do Problema;
• Definição de Ações de Bloqueio;
• Determinação das Causas Fundamentais (Ferramentas da Qualidade – Brainstorming, Diagrama de Causa e Efeitos, Diagrama de Pareto, 5 Por quês e Diagrama de Árvore);
• Definição de Ações Corretivas;
• Definição de Ações para Verificação da Eficácia;
• Definição de Ações Anti-Reincidência;
• Divulgação dos Resultados e Reconhecimento da Equipe
5. Exercícios Práticos e estudos de casos.

Investimento e Carga Horária

Consulte.

Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
           
D9
Formação de Multiplicadores e Auditores da Metodologia 5S

A QUEM SE DESTINA

Engenheiros, Técnicos, Analistas, Operadores, Coordenadores, Supervisores e Gerentes das diversas áreas da empresa, incluindo Qualidade, Produção, Processo, Projetos, Manutenção, Logística, Comercial, Planejamento, Finanças e Administração em geral..

BENEFÍCIOS DO CURSO

• Capacitar os participantes a tornarem-se Facilitadores e Implantadores da Metodologia 5 Ss, dominando seus conceitos e aplicações práticas para o dia-a-dia.

PROGRAMA

1. Origem da Filosofia.
2. Objetivos da Metodologia 5 Ss.
3. Os 5 Sensos, os 5 “Sim”.
4. Senso de Utilização e atividades de Descarte.
5. As “Auto-Auditorias”.
6. Senso de Ordenação e atividades de Identificação.
7. Senso de Limpeza e atividades de Inspeção.
8. Senso de Saúde e Padronização.
9. Mapeamentos, Check lists e Módulos Operacionais.
10. Senso de Disciplina
11. Processo de Implantação, Auditorias e manutenção dos 5 Ss.

Investimento e Carga Horária

Consulte.

Próximas datas

    Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
           

 

 

Conteúdo 33
Conteúdo 34
Conteúdo 35
Conteúdo 36
Conteúdo 37
Conteúdo 38
Conteúdo 39
Conteúdo 40
E GARANTA A SUA VAGA   Veja como chegar à Mitutoyo
 
INSCREVA-SE    
Clique para ampliar
   
Clique e inscreva-se no curso desejado.
Entraremos em contato para concluir a inscrição.
     
   

Novo Endereço
Rodovia Índio Tibiriçá, 1555
CEP 08620-000 - Raffo - Suzano - SP - Brasil

Nas instalações Fabris da MItutoyo Sul Americana.

 
 
Resumo dos Cursos
 

Cursos de Capacitação em Metrologia.

  • A1 - Metrologia Básica com Instrumentos Convencionais – Utilização e Conservação
  • A1.1 - Metrologia Básica com Instrumentos Convencionais – Especial para Multiplicadores
  • A8 - Metrologia Básica com Interpretação de Desenhos e Noções de GD&T
  • A13 - Metrologia com Interpretação de Desenhos Técnicos Avançados Incluindo Tolerâncias ISO, GD&T e Rugosidade
  • A14 - Metrologia Aplicada em Caldeiraria, Tubulação e Estruturas Metálicas
  • A2 - Metrologia Dimensional – Nível Intermediário
  • A3 - Aprofundamento em Metrologia com Instrumentos de Medição Dimensional

Cursos sobre GD&T – Dimensionamento e Tolerâncias Geométricas

  • A5 – GD&T – Dimensionamento e Tolerâncias Geométricas
  • A5.1 – GD&T – Dimensionamento e Tolerância Geométricas Especial para Operadores de Máquinas 3D
  • A5.2 – GD&T – Aplicado a Dispositivos de Verificação em Processo e de Fixação para Usinagem.

Programa de Formação Avançada de Metrologistas 3D

  • A10.C - Programa de Formação Avançada de Metrologistas 3D (Nível C) – Métodos Avançados para a Garantia da Exatidão em Medições 3D.
  • A10.B - Programa de Formação Avançada de Metrologistas 3D (Nível B) – GD&T Avançado para a Garantia da Exatidão em Medições 3D
  • A10.A - Programa de Formação Avançada de Metrologistas 3D (Nível A) – Avaliação de Máquinas segundo ISO-10360 e MSA Avançado para Medição 3D

Cursos de Especialização em Técnicas Específicas de Medição

  • A4 - Rugosidade Superficial – Teoria e Prática da Medição
  • A7 – Dureza dos Materiais – Teoria e Prática da Medição
  • A11 – Medição de Erros de Forma, Perfil, Orientação, Localização e Batimento – Sistemas Dedicados com Auxílio de Computador e Máquinas Tridimensionais.
  • A12 – Medição com Projetor de Perfil – Noções de Calibração e Software 2D.
  • B1/2 – Manutenção e Calibração de Instrumentos Convencionais e Eletrônicos – Paquímetros, Traçadores, Micrômetros e Relógios Comparadores/Apalpadores.
  • B3 – Calibração de Instrumentos Convencionais e Desempenos
  • C1 – Medição Tridimensional CNC ou Manual com Software Geopak-Win, QM-Data e outros.

Adequação, Incerteza e Confiabilidade de Métodos e Equipamentos de Medição

  • B5 – MSA – 4ª Edição – Adequação e Uso de Equipamentos de Medição (ISO-10012).
  • B6 – Cálculo da Incerteza dos Resultados de Medição
  • B6.1 - Cálculo da Incerteza dos Resultados de Medição
  • B8 – Avaliação e Garantia da Confiabilidade de Processos de Medição
  • C3 – Avaliação de Erros e Incertezas em Processos de Medição Tridimensional
  • D7 – Acreditação de Laboratórios – NBR/ISO/IEC-17025:2005.

Ferramentas da Qualidade e Produtividade

  • D1 – CEP – Controle Estatístico de Processos – Para Coordenação Técnica.
  • D3 – FMEA – 4ª Edição – Tipos de Falha e Análise dos Efeitos
  • D4 – Poka-Yoke – Sistemas à Prova de Erros.
  • D8 – Metodologia 8D para Análise e Solução de Problemas em Equipe
  • D9 – Formação de Multiplicadores e Auditores da Metodologia 5S
 
   
   

 


 
     
 
     

PERFIL:

A Forma Ações Inteligentes Ltda., é representante exclusiva do programa de cursos Mitutoyo e poderá lhe atender em quaisquer situações especiais de treinamento (cursos especiais, in-company, palestras motivacionais e de desenvolvimento profissional e gerencial).

 

CONTATO:

Ricardo Gonzalez
11 9.7210-2074 | ricardogonzalez@formaai.com.br

Ana Lúcia
11 9.9928-2149 | analucia@formaai.com.br

CONHEÇA MAIS   CONTATE-NOS
 
 
formaai formaaimail   © Copyright 2016 - Forma Ações Inteligente
Desenvolvido por RafaelMorales s